As Entranhas do Espirito


As Entranhas do Espirito são as mesmas do Cosmos.
Os órgãos do Espirito são intestinos esticados, dando voltas e mais voltas pelo Cosmos.
O Cosmos são as entranhas dos Universos, glândulas das Galáxias.
Assim como os humanos tiveram ancestrais animais, o Espirito teve ancestrais cósmicos, galáxicos.
As bactérias, vieram à superficie da Terra, expelidas pelos vulcões, trazendo o principio da Vida. Essas mesmas bactérias, que têm o principio da Vida, podem nos destruir como possantes infectos.
Em relação ao Cosmos, o Espirito sendo limpo e higienico pela Divindade, elimina as bacterias cósmicas porque tem poder de dificil contaminação.
Os Santos e Evoluidos, eliminaram as Distancias, porque prevaleceram a Atmosfera Cósmica.
"Desejo continuar no Templo", disse minha Alma aos Espiritos que zelavam pelo Templo, na India - "minha familia não pode vir aqui e nada receber"; "sou responsavel por ela".
Essa força ficou sustentada século e meio.
Nascida com sérios problemas de saúde, como se os órgãos humanos não estivessem compativeis com a encarnação subjugada à continuação da Vida no templo, aguardei o momento onde pude me desprender do imenso oratório católico de madeira negra, e pude, enfim, me entregar totalmente à Atmosfera do Templo Hindu.
Fraca e debilitada de saúde, quando subi os baixos degraus do Templo, e o reconheci no impacto de minha memória transcedental contra suas paredes de pedra, ali, enfim, descansei para continuar em Espirito, a pequena interrupção entre a Vida e a Morte.