Dilson Lages Monteiro Domingo, 23 de abril de 2017
Tamanho da letra A +A

Chuva

CHUVA


Jefferson Bessa
 
Quando em verso digo chuva
Fala-se da única
Ao largo de outras chuvas

Faz-se ela não de água
Mas de som chiado
Na enxurrada de agora
De chuva que é voz

Porque já não a faço dizer
Com (funde-se) ao verso
Então comigo murmura:
Chuva
 

Do blog:

http://jeffersonbessa.blogspot.com/

http://jeffersonbessa2.blogspot.com/

 

Compartilhar em redes sociais

Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas da Seção

03.02.2017 - Discurso de Posse na Academia Brasileira

Guimarães Rosa

11.12.2016 - Ferreira Gullar - O poeta, o povo a poesia

Rafael Henrique de Matos

11.12.2016 - Pequena bateria de poemas

Ferreira Gullar

11.12.2016 - Discurso de posse na Academia Brasileira de Letras

Ferreira Gullar

11.12.2016 - Biografia de Ferreira Gullar

www.academia.org.b

Listar mais

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br