Dilson Lages Monteiro Quinta-feira, 25 de maio de 2017
Tamanho da letra A +A

Alexandre Herculano

BIOGRAFIA

Alexandre Herculano, apesar da origem humilde e de ter sido praticamente autodidata, se tornou um dos principais nomes da primeira fase do Romantismo português - que conviveu com a Guerra Civil e foi marcado pelo liberalismo e pela oposição ao Neoclassicismo.

Teve marcante participação política, tendo participado das lutas liberais ao lado de Garrett e, posteriormente, ao cerco à cidade do Porto. Foi para o exílio em 1831. Tudo isso foi marcante em sua grande obra posterior como historiador.

Somente depois de sua volta ao exílio deu-se o início da carreira literária. Publicou sua primeira obra em 1836, entitulada A Voz do Profeta, e participou até 1844 da mais importante revista do Romantismo português, O Panorama. Lançou diversas narrativas históricas, como O Monge de Cister (1841), O Bobo (1843), sua obra-prima Eurico, O Presbítero (1844), Eu e o Clero (1850) e Lendas e Narrativas (1851), reunião de contos e novelas.

Paralelamente, trabalhou em sua monumental obra História de
Portugal
, editada em 4 volumes. Entre 1854 e 1859, escreve História e Origem da Inquisição em Portugal, publicada em 3 volumes. Depois disso, desgostoso dos rumos políticos do país, abandona a carreira literária e se retira para a sua Quinta de Lobos. Lá, dedicou-se à vida no campo até a morte, em 1877.

Principais obras:

A Harpa do Crente;

Eurico, O Presbítero;

O Monge de Cister.
AMOSTRAGEM

Aguarde
FORTUNA CRÍTICA

Aguarde

Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Mais escritores

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br