Dilson Lages Monteiro Quinta-feira, 05 de março de 2015
OS MISTÉRIOS DO REAL - CLARICE DE OLIVEIRA
Clarisse de Oliveira
Tamanho da letra A +A

O homem rude

O homem rude, não tem noção dos preambulos romanticos, para conquistar uma mulher.
Por sua vez, a mulher ja ouviu muitos "preambulos romanticos" e o que aconteceu em seguida, não era bem o que a mulher esperava...
Um principe deixa a mulher esperançosa, ansiosa, e uma sensação "depois" de que ficou faltando alguma coisa...
O homem rude, vai levar à mulher, o desejo que está dentro dele.
O homem rude não tem noção de como embrulhar o desejo como arte de presente.
O homem rude não quer dar presente nenhum... ele quer a mulher, impregnar o corpo dele com o calor do corpo da mulher, seu cheiro de fêmea, e a completa satisfação dele.
Pode ser que o homem rude tenha estrupado, em vez de ter "amado" a mulher... mas, que a mulher não está sentindo que falta alguma coisa, não está sentindo nada... tá sentindo até que sobrou muita coisa...
Para certas mulheres, na cama com um pincipe, sempre falta o o corpo de um homem rude.
                                                                                 clarisse

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

20.02.2015 - Verona - CLARISSE DE OLIVEIRA

17.02.2015 - COMEÇO DE TARDE

15.02.2015 - Antes da Hora

10.02.2015 - O Corpo Sagrado‏

09.02.2015 - Área a percorrer

06.02.2015 - Sensualidade na Alma

05.02.2015 - ALGUÉM

03.02.2015 - Solidão e Espelho

31.01.2015 - Designo

29.01.2015 - A VERDADE

27.01.2015 - A ARVORE DA MORTE

25.01.2015 - Magia de Praga

22.01.2015 - O MISTERIO DA SAUDADE

18.01.2015 - Um Estranho Amor

15.01.2015 - 250 ANOS DEPOIS...

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

04.03.2015 - BUDA CARIOCA

BUDA CARIOCA

03.03.2015 - POBREZA ETERNAMENTE COMEMORADA

Notadamente, para um povo que espera, espera, tão despreocupadamente, a ponto de esquecer o que, de fato, estaria almejando alcançar, ainda bem que a esperança é a última que morre.

02.03.2015 - NEUZA MACHADO - DO PENSAMENTO CONTÍNUO À TRANSCENDÊNCIA FORMAL

NEUZA MACHADO - DO PENSAMENTO CONTÍNUO À TRANSCENDÊNCIA FORMAL

01.03.2015 - A origem da literatura

Porque a literatura nos importa tanto

01.03.2015 - NATUREZA MORTA

NATUREZA MORTA

28.02.2015 - NA TOCA DO VELHO MONGE

O Natim, ao enaltecer as qualidades de seu avô, João Simão, se emocionou e comoveu todos os presentes.

28.02.2015 - NEUZA MACHADO - DO PENSAMENTO CONTÍNUO À TRANSCENDÊNCIA FORMAL

NEUZA MACHADO - DO PENSAMENTO CONTÍNUO À TRANSCENDÊNCIA FORMAL

28.02.2015 - Tempo de memórias em José Ribamar Garcia

Depois do sucesso de

27.02.2015 - A PANTERA. 1

A PANTERA. 1

26.02.2015 - NEUZA MACHADO - DO PENSAMENTO CONTÍNUO À TRANSCENDÊNCIA FORMAL

O sonho do personagem Nhô Augusto

25.02.2015 - Departamento de Polícia Judiciária

Hoje eu falo de um livrinho esquecido da nossa literatura policial, publicado há mais de 50 anos.

25.02.2015 - A prosa soberana

Eu gosto dos escritores à moda antiga

24.02.2015 - Pierre Bataillon

Pierre Bataillon

24.02.2015 - NEUZA MACHADO - DO PENSAMENTO CONTÍNUO À TRANSCENDÊNCIA FORMAL

NEUZA MACHADO - DO PENSAMENTO CONTÍNUO À TRANSCENDÊNCIA FORMAL

24.02.2015 - As 7 novas maravilhas do mundo

Das antigas, só sobrou uma; das novas, há sete

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br