Dilson Lages Monteiro Sábado, 01 de novembro de 2014
NÃO TROPECE NA LÍNGUA - M. T. PIACENTINI
M. T. Piacentini
Tamanho da letra A +A

Concordância: substantivo e numerais

 

 

 

--- Como é certo falar: Fica Vossa Senhoria convocado para a 1ª e 2ª Sessão Extraordinária ou: para a 1º e 2º Sessões Extraordinárias...? Adriana Maria Fermino da Costa, Brotas/SP

Quando se trata da concordância de um substantivo com dois numerais - cardinais ou ordinais - há três opções corretas:

                    1) a 1ª e 2ª Sessão Extraordinária [subst. no sing. e só o primeiro artigo]

                    2) a 1ª e 2ª Sessões Extraordinárias [subst. no plural, um só artigo]

                    3) a 1ª e a 2ª Sessão Extraordinária [subst. no sing. com repetição do artigo]

Não se costuma colocar o substantivo no plural quando se repete o artigo definido (mais a preposição, quando for o caso) no segundo elemento, como no exemplo 3. Dito de outro modo: normalmente só se repete o artigo quando o substantivo determinado está no singular; portanto, repetindo-se o artigo não há necessidade do plural. De qualquer maneira, deve sempre prevalecer a eufonia, aquilo que soa bem.

 

Outro ponto: ainda que se opte pelo substantivo no plural, o artigo permanece no singular, a concordar com o numeral singular. Vejamos uma frase para exemplificar: em vez de "as 5ª e 6ª Câmaras são competentes" diga-se "a 5ª e 6ª Câmaras são competentes". Então: o artigo fica sempre no singular.

Mais exemplos com as variáveis de uso:

 

                     Peço parar no 1º e 2º andar. 

                     Peço parar no 1º e 2º andares.

                     Peço parar no 1º e no 2º andar.

 

              Dirigiu-se à quarta e quinta série.

                      Dirigiu-se à quarta e a quinta séries.

                      Dirigiu-se  à quarta e à quinta série.

                 

Observamos que uma frase como "dirigiu-se às quartas e (às) quintas séries" tem outro significado: quer dizer que existem várias séries de quarta e várias de quinta. Também é interessante notar que quando não há determinação dos substantivos (com a/o, da/do, à, temos duas e não três opções, sendo melhor e mais recomendável a alternativa com o singular:

 

                Foram publicadas decisões de juízes de 1º e 2º grau.
                Foram publicadas decisões de juízes de 1º e 2º graus.

                Sua tese analisa o ensino de 1ª a 4ª série no planalto catarinense.

                Sua tese analisa o ensino de 1ª a 4ª séries no planalto catarinense.

 Quando o substantivo precede os numerais é de praxe colocá-lo no plural: 

                Leia pelo menos os capítulos 1 e 2.

                Reformulamos os artigos 9º e 10 do projeto lei.

                O elevador parou nos andares 3º e 4º.

--- Sempre fico em dúvida quanto ao caso de citações como: Estou enviando os ofícios números (nºs) 21 e 23 ou os ofícios nº 21 e 23. Nair Hygina F. R. Pinto, São Paulo/SP

 

Trata-se da mesma questão de concordância nominal, só que agora antes dos dois numerais você tem também o substantivo número/nº, o qual pode ir ou não para o plural:

 

                Estou enviando os ofícios nºs 21 e 23.

                Estou enviando os ofícios nº 21 e 23.

 

Nessa segunda forma - melhor - fica subentendida a repetição do substantivo: os ofícios nº 21 e [nº] 23.

 

 

 

Compartilhar em redes sociais

Comentários (1)

achamos muito legal e interessante ha e experiente somos dos estados unidos e traduzinmos no site

larissa e geniffer
postado:
16-05-2011 10:59:17

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

11.10.2014 - Sempre os porquês

26.09.2014 - Sempre os porquês

11.09.2014 - Citação & citações

25.07.2014 - Maiúsculas: logradouros, cargos, documentos

05.07.2014 - E com vírgula - sim ou não (2)

25.06.2014 - E com vírgula - sim ou não (1)

06.06.2014 - Aconteceu nos anos 80

29.05.2014 - Vide, barato, por si sós, sic

07.05.2014 - Hexa e pentacampeão

21.04.2014 - Vírgula e adjuntos no início de frase

08.04.2014 - Gerundismo e gerúndio

28.03.2014 - Li e gostei dos livros

19.03.2014 - Eis que, posto que

23.02.2014 - Eis que, posto que

02.02.2014 - Maiúsculas de realce

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

São Bernardo no olhar de Ricardo Ramos Filho


(Dê)pois, poema de Dílson Lages


Listar todos
Últimas matérias

31.10.2014 - Cinema Digital

Artigo de Pedro Butcher

30.10.2014 - Aviso aos leitores

Prezados leitores

28.10.2014 - Depois das eleições...

Será, leitor,

26.10.2014 - Robert Bergin e o Apocalipse

Um grito de alerta sobre a situação mundial que já estamos vivendo e o que vem por aí

25.10.2014 - Tudo pelo poder

Escolha entre os que se dizem os piores

25.10.2014 - Sobre o poeta Elmar Carvalho

Caro leitor, saindo

24.10.2014 - POESIA ARGENTINA

POESIA ARGENTINA

24.10.2014 - A única saída: prisão perpétua já!

Por vezes, penso com os meus botões

24.10.2014 - A única saída: prisão perpétua já!

Por vezes, penso com os meus botões

23.10.2014 - A guerra através do tempo

Apresento a resenha do volume 4 do clássico mangá Sailor Moon

23.10.2014 - ENFIM, A APOSENTADORIA

Mas eu próprio resolvi o aparente paradoxo da equação, ao dizer que quem era bom era justo, e quem era justo necessariamente teria que ser bom.

23.10.2014 - Solenidade marca hoje os 36 anos de fundação da ALVAL

Solenidade marca hoje os 36 anos de fundação da ALVAL

20.10.2014 - O Amigo da Onça

Precisamos fazer o resgate de tantas criações do imaginário nacional.

19.10.2014 - As urnas dividiram o povo brasileiro e dizimaram o sentido da alteridade

A premiada escritora An a Maria Machado

19.10.2014 - A QUESTÃO FUNDAMENTAL DA METAFÍSICA

A QUESTÃO FUNDAMENTAL DA METAFÍSICA

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br