Dilson Lages Monteiro Sexta-feira, 23 de junho de 2017
ENTREVOZES
João Pinto
Tamanho da letra A +A

CONTO DO BODE

 (JOÃO PINTO)

 

Eu a vi bem numa sala informal com todos os floreios apagados, ela sentada com roupa branca e as pernas do vestido meio abertas. E de lá de dentro saiu o estalo que mudou seu rito naquele momento. Eu já sabia do socorro. Corri à copa da casa cheia de flores e trouxe o Sempre Livre de cima do armário aberto aos meus olhos. Na minha frente baixou a saia e tapou a goteira. E comentava que o Sempre Livre roubava a cor do céu azul. Depois se retraiu na porta da frente, de costas; além da porta passava uma fumaça ereta que subia ao céu com dois anos de gesso. E ela fumava quase esquecida do sangue. E logo mais a visão deste onisciente sumia com a porta, o rasgo da fumaça e a bagana já no pátio. Mais que de pressa, passei a ouvir, lá pelo banheiro, a água que caía que cauterizava o sangue da buceta dela. E fiquei inquieto, pois a tonta não havia levado outra unidade do absorvente.

 

 

 

 

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

13.06.2013 - CONTO DO BODE

24.05.2013 - MORTE À INDECÊNCIA FILOSÓFICA DO POLÍTICO

10.05.2013 - DIÁRIO DESTA QUINTA

02.05.2013 - PENDENGA DE CEMITÉRIO

26.04.2013 - Ó NEGÃO, NÃO DEIXE NADA PRA DEPOIS

18.04.2013 - CURTA A HISTÓRIA DO BEIJO

07.12.2012 - QUE TRAGÉDIA COM AS QUIZÍLIAS DA SECA

16.11.2012 - DE PASSAGEM POR TERESINA

09.11.2012 - Viva seu bem tranquilo

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

21.06.2017 - Uma tarde na Fazenda Não me Deixes

Uma tarde na Fazenda Não me Deixes

20.06.2017 - ROGEL SAMUEL: BREVE MANUAL DE DIDÁTICA GERAL

Por que a didática geral?

19.06.2017 - Vozes da ribanceira

O autor escreve sobre o romance Vozes da ribanceira, do acadêmico Oton Lustosa.

19.06.2017 - Psycho Pass episódio 6: Akane confronta a crueldade humana

Prosseguindo a guia de episódios do seriado de ficção científica "Psycho Pass" chegamos ao chocante sexto episódio, onde Akane enfrenta uma esquartejadora.

19.06.2017 - Lançamento em Parnaíba de Histórias de Évora e A Menina do Bico de Ouro

O SESC convida para o lançamento de Histórias de Évora e A Menina do Bico de Ouro em Parnaíba

18.06.2017 - A REGRA E AS EXCEÇÕES

Alguém, de forma

16.06.2017 - Cruzando os Mares

A Bordo de um Cargueiro

16.06.2017 - Ariano e a estética do Não Foi Bem Assim

Essas coisas são inventadas por heróis picarescos, gente que para fugir da fome tem que remar o dia todo, a vida inteira.

16.06.2017 - Livros e raparigas

Um dia destes, em conversa com a mulher de um jornalista, escritor e (grande) tradutor brasileiro, falávamos de Os Desastres de Sofia e da famosa colecção Biblioteca das Raparigas

16.06.2017 - A gênese de nossa criação literária

A base de nossa criação literária fundamenta-se, portanto, na tentativa de fundir memória, imagem e sensação.

15.06.2017 - HOJE É CORPUS CHRISTI, SIM, SENHOR

Muita gente

15.06.2017 - DOCES FANTASMAS

Doces fantasmas esvoaçam os ares dentro de meu quarto.

14.06.2017 - Miranda, uma família pioneira no povoamento do Piauí.

O autor divulga notas sobre as origens da família Miranda, no Piauí.

13.06.2017 - Literatura piauiense

Na apresentação do livro de Francisco Miguel de Moura, Reginaldo Miranda faz análise da literatura piauiense.

13.06.2017 - Da arte do sol

Da arte do sol

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br