Dilson Lages Monteiro Segunda-feira, 29 de maio de 2017
ECLÉTICA - ELMAR CARVALHO
Eclética
Tamanho da letra A +A

No Cemitério da Ressurreição

Elmar Carvalho

Tendo lido, em determinado site, que o sepultamento do juiz de Direito Samuel Mendes seria às 16 horas, cheguei nesse horário. Contudo, recebi da administração do cemitério o aviso de que a cerimônia fúnebre seria às 17 horas. Em vista disso resolvi olhar as diversas sepulturas, para ver se encontrava a de algum amigo, conhecido ou parente.

Em seguida, fui inspecionar o jazigo que comprei há mais de vinte anos, felizmente ainda virgem, uma vez que minha mãe pediu para ser sepultada em Campo Maior, perto dos túmulos de seu irmão e de sua irmã e cunhado. Quando eu estava lendo sua placa indicativa, vi a uns quarenta metros um homem, que também lia algumas lápides.

Ao aproximar-se de mim, eu lhe disse que estava olhando minha própria sepultura. Notei que ele teve leve sobressalto, mas, quando percebeu que eu não era nenhum fantasma, muito menos alma penada, sorriu e me cumprimentou. Disse-lhe que viera, por equívoco informativo, muito cedo ao sepultamento do colega Samuel. Respondeu-me que laborara no mesmo engano.

Quando fiquei sabendo que ele era de União, onde conhecera o Dr. Samuel, na época em que este fora o titular daquela Comarca, notei que tinha semelhança fisionômica com o jornalista Fenelon Rocha, tendo ele me respondido que era seu irmão. Logo percebi que o advogado Dilson Reis da Rocha tinha profunda consideração, respeito e amizade ao falecido magistrado, por sua capacidade de trabalho, zelo e correção.

Disse-lhe que quando fui juiz substituto em Curimatá tomara conhecimento de que ele servira naquela longínqua Comarca, e que fora um bom e operoso juiz. Quando respondi, por quatro ou cinco meses, pela Comarca de Inhuma, um servidor, vendo meu esforço em tentar manter o serviço em dia, me falou que, pelo meu temperamento e trabalho, tinha semelhança com o Dr. Samuel, que fora, salvo engano, o responsável por sua instalação. Interpretei as palavras do serventuário como um discreto elogio. Tive oportunidade de lhe contar esse espontâneo depoimento.

Prometi ao Dr. Dilson Rocha, que também é procurador da Assembleia Legislativa, que lhe repassaria alguns livros de minha autoria, principalmente Confissões de um juiz. Nesse livro há um retrato de Samuel a meu lado. Através de e-mail, ele acusou o recebimento das obras, e disse que a sua filha, que estava preparando um trabalho acadêmico, não sei se de mestrado, aproveitaria o meu poema Noturno de Oeiras como citação ou epígrafe de algum capítulo.

No serviço fúnebre que antecedeu o enterro, apresentei minhas condolências aos familiares, inclusive sua viúva, que o pranteava, e a seu irmão Emanuel, que fora meu colega no curso de Administração de Empresas, no Campus Ministro Reis Velloso, UFPI-Parnaíba. Na hora melancólica da Ave Maria, em que o Sol tombava na linha do horizonte, entregamos aos cuidados da mãe terra o corpo do digno magistrado Samuel Mendes Morais, cuja expressão facial se mostrava serena, como sereno ele fora em sua vida e no exercício da magistratura.

E sei que a mão de Deus, a mão direita de Deus, como nos versos de Antero de Quental, o acolheu e o agasalhou sem ressalva.

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

22.05.2017 - HISTÓRIAS DE ÉVORA já nas Livrarias de Teresina

18.05.2017 - Juiz Elmar Carvalho lança “Histórias de Évora” neste sábado (20)

16.05.2017 - DISCURSO DE RECEPÇÃO A QUATRO ACADÊMICOS NA APAL

10.05.2017 - APAL EMPOSSARÁ NOVOS MEMBROS NO PRÓXIMO DIA 12 DE MAIO

26.04.2017 - A saga da Capelinha de Palha

21.04.2017 - C@ARTA AO POETA CHICO MIGUEL

10.04.2017 - Noturno de Oeiras no hotel do SESC

07.04.2017 - VICENTINHO E O ZICO

23.03.2017 - Antenor Rêgo e seu dicionário de “Piauiês”

16.03.2017 - No Cemitério da Ressurreição

09.03.2017 - Nova expedição à Barra do Longá

04.03.2017 - O SHOPINNG, OS ÍNDIOS, A MÚSICA E OS LOBOS

22.02.2017 - LEÃO ENJAULADO

13.02.2017 - Paru

09.02.2017 - Morcego

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

28.05.2017 - Incursão à Fazenda Bom Gosto (Século XVIII)

Incursão à Fazenda Bom Gosto (Século XVIII)

28.05.2017 - Versos de Moradora no Harém

Poetisa Amante

28.05.2017 - Palmas para o Tocantins

O autor discorre sobre participação piauiense na Feira Literária Internacional do Tocantins (FLIT), realizada em julho de 2011.

27.05.2017 - A questão da pós-verdade e suas consquências danosas à ética individual e coletiva do mundo globalizado.

O tema escolhido

27.05.2017 - Feitosa, dos Inhamuns

O acadêmico Reginaldo Miranda analisa a obra genealógica do escritor Aécio Feitosa, que escreve sobre a importante família Feitosa, dos Inhamuns.

26.05.2017 - ROGEL SAMUEL: TEORIA DA CRISE

ROGEL SAMUEL: TEORIA DA CRISE

26.05.2017 - POEMA 'ÁGUA FRIA'

poesia

26.05.2017 - O RIO NEGRO

O RIO NEGRO

25.05.2017 - Teresina

O acadêmico Reginaldo Miranda escreve sobre a cidade de Teresina, capital do Piauí, por ocasião da outorga da Comenda Conselheiro Saraiva.

25.05.2017 - A enigmática Etrúria

Desprezada por muitos leitores, a Arqueologia é uma Ciência que vale a pena ser estudada pelos leigos, pois se revela muito interessante.

25.05.2017 - EM BUSCA DA POÉTICA DE J. G. DE ARAÚJO JORGE

EM BUSCA DA POÉTICA DE J. G. DE ARAÚJO JORGE

24.05.2017 - O dia em que saí no Ibrahim Sued

Era a sexta-feira do dia 17 de maio de 1985

23.05.2017 - UM AMIGO DE INFÂNCIA

No dia seguinte ao da mudança para a nossa pequena casa dos Campos, em Parnaíba, em 1896, toda ela cheirando ainda a cal

23.05.2017 - Fraternidade Espiritualista Universalista

Em pleno cerrado de Goiás...

22.05.2017 - Um livro infantil de Irá Rodrigues

A literatura infantil é parte importante de nossa cultura, pois devemos estimular nossas crianças ao saudável hábito da leitura.

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br