Dilson Lages Monteiro Terça-feira, 28 de fevereiro de 2017
DIÁLOGOS COM A HISTÓRIA - REGINALDO MIRANDA
Reginaldo Miranda
Tamanho da letra A +A

Pensando o Piauí

Pensando o Piauí

O acadêmico Magno Pires pertence a uma ilustrada estirpe de intelectuais e políticos piauienses, cujas raízes remontam a meados do século XVIII, quando seus ancestrais povoaram o norte do Estado.

Desde cedo, seguindo os passos de seus familiares, Pires se qualificou profissionalmente bacharelando-se em Direito, pela Universidade Federal de Pernambuco e em Administração de Empresas, pela Faculdade de Olinda. No campo profissional serviu ao Estado na acepção ampla da palavra, com raro desvelo, seja no serviço público federal, seja na administração pública estadual. Sua passagem pela Secretaria de Administração do Piauí, marcou época pelo rigor e pelo elevado exemplo com que encarou a cousa pública, sendo a sua ação decisiva para enxugar o serviço e sanear as contas públicas. É um raro exemplo de servidor que pensa e planeja o Estado para o futuro. Aliás, no presente trabalho ele deixa isso claro ao aconselhar os gestores públicos: “O Estado e a sociedade ou, por exemplo, os servidores públicos, não podem estar em posições opostas, em campos diferentes. O Estado deve proteger a sociedade. Este o verdadeiro sentido antológico, jurídico, antropológico, sociológico e filosófico de sua finalidade, de sua criação. O Estado deve distribuir justiça”.

Magno Pires é hoje um respeitado pensador a serviço de sua terra. Suas ideias são veiculadas em livros, na imprensa local e em seu portal, na Internet, aliás, um dos mais visitados, o que demonstra a oportunidade e sintonia de seu pensamento com o público pensante do País. Cumpre, assim, o verdadeiro papel do intelectual, no dizer de Norberto Bobbio, a quem cabe “agitar ideias, levantar problemas, elaborar programas ou apenas teorias gerais”. No entanto, acrescenta o mesmo Bobbio, que ao político cabe tomar as decisões. E, às vezes, angustiado por não ver seu pensamento em ação, Pires tem incursionado também por essa seara. Na verdade, pode-se dizer que Magno Pires pensa com as mãos, é um homem de ideias e ação.

Uma pequena parte de seu pensamento vai exposta na presente publicação, onde salta à vista o entusiasmo com que vislumbra o futuro. As obras do Rodoanel que está sendo construído para desafogar o trânsito de Teresina chamaram sua atenção. Também, com uma visão muito aguçada analisa o quadro político atual e faz projeções para o futuro. Por fim, na qualidade de administrador e analista político deixa transparecer alguns conselhos aos governantes.

É, pois, o presente opúsculo uma mostra do pensamento e das ideias de um reconhecido pensador piauiense, a nós cabendo conhecer e apreciá-las com todo o cuidado que o tema merece. Parabéns Magno Pires, o Piauí agradece seu esforço.

 

[Texto de apresentação ao opúsculo Rodoanel(Teresina: abril, 2013), de Magno Pires]

 

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

23.02.2017 - Pensando o Piauí

11.02.2017 - A Coluna Prestes em Aparecida

10.02.2017 - João Crisóstomo da Rocha Cabral

05.02.2017 - Antonio Gonçalves Pedreira Portellada

04.02.2017 - M. Paulo Nunes e os valores literários

29.01.2017 - Raimundo Artur de Vasconcelos

22.01.2017 - O plano editorial da APL

21.01.2017 - Leonardo Castelo Branco

14.01.2017 - Frederico Burlamaqui: o pioneiro da paleontologia no Brasil.

11.01.2017 - Engenheiro Antônio José de Sampaio

10.01.2017 - Fazenda Gado Bravo - Baixa do Coco

05.01.2017 - João do Rego Castelo Branco - Capitão da conquista do gentio.

04.01.2017 - Domingos Jorge Velho

30.12.2016 - Capitão Ignácio Rodrigues de Miranda

29.12.2016 - Costa Alvarenga: O patriarca da insuficiência aórtica

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

27.02.2017 - O sol do verão

O sol do verão

27.02.2017 - MENINA NEGRA DA ADOÇÃO

046

26.02.2017 - Carta à Tribuna da Imprensa, 22/7/1998

O que o passado pode ensinar...

26.02.2017 - SOBRE O ECLIPSE SOLAR

SOBRE O ECLIPSE SOLAR

25.02.2017 - SEM DOURAR A PÍLULA

Se dirijo a min ha atenção

25.02.2017 - OH, ABRE ALAS, PARA O CARNAVAL ...

OH, ABRE ALAS, PARA O CARNAVAL ...

23.02.2017 - Pensando o Piauí

O autor apresenta o livro Rodoanel, do intelectual piauiense Magno Pires.

23.02.2017 - OS MISTÉRIOS DE UNS VERSOS

OS MISTÉRIOS DE UNS VERSOS

22.02.2017 - A DANÇA DE BEETHOVEN

A DANÇA DE BEETHOVEN

22.02.2017 - LEÃO ENJAULADO

Após as oitenta primaveras, ficou bastante decrépito, e a saúde já não lhe permitia as libações etílicas, como costumava dizer o popular Pacamão

21.02.2017 - O PRÍNCIPE - PARTE FINAL

O final da história de um dos mais importantes matemáticos da ciência.

20.02.2017 - A PRIMEIRA ESTROFE DE 'LE BATEAU IVRE'

A PRIMEIRA ESTROFE DE 'LE BATEAU IVRE'

19.02.2017 - CASA ABANDONADA

CASA ABANDONADA

18.02.2017 - As vozes narrativas

As vozes narrativas

18.02.2017 - As memórias de Cunha e Silva Filho

Um amigo que tem muitas coisas a contar relata fatos de sua vida.

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br