Dilson Lages Monteiro Segunda-feira, 26 de junho de 2017
CRÔNICA DE SEMPRE - ROGEL SAMUEL
Rogel Samuel (atualização diária)
Tamanho da letra A +A

E O CONGRESSO?

 

 


Rogel Samuel

Oh, Amigos, não esqueçamos o futuro Congresso. Só pensamos nos quatro cavalheiros do apocalipse. Esquecemos o principal: Quem manda é o Congresso. O Poder é ele, está nele. Ele pode por um presidente de joelhos, pode tirar e por. Collor caiu porque comprou briga com as elites, isto é, com o Congresso. Pensam que foi só o PC? O Congresso é a Democracia, seja lá o que esta vazia palavra queira significar. É sempre a mesma contradição brasileira: o povão elege o presidente; as elites, o Congresso. Esta eleição talvez seja diferente, vamos ver. Sou pessimista por nascença (sou meio índio). Não é o mal quem sempre vence? - dizia o velho Marcuse. São das elites os meios de comunicação, o capital. O ultrapassadíssimo Marx dizia: "Quem detém os meios da produção material, detém os meios da produção intelectual". Democracia: não governo do "povo", mas das elites. Da 
classe dominante. Econômica. Por isso, ai Amigos, cuidado com o Congresso futuro, ele vai decidir a vida da nação (ou seja, a nossa). 
Os meios de comunicação são espertos: concentram tudo na figura do candidato a presidente. O Congresso: Nos seus corredores, nas reuniões sigilosas, nas suas comissões - lá tudo se decide. Quem governou com tão grande maioria do que FH? O Malan e o FH nada seriam sem o Congresso que lhes deu apoio, à custa sabe Deus de quê.

Há mais de vinte anos. Eu trabalhava numa faculdade particular. Meu patrão era o falecido deputado Gama Lima. Direitão (líder da Arena na Assembléia), comigo se abria:
- Deputado, quem vai ser o próximo presidente?
- O General João Batista de Figueiredo, de botas pretas, vai subir a rampa do palácio no seu garboso cavalo...
Anos depois, pergunto:
- Deputado, animado para a próxima eleição?
Ele responde:
- Ah, meu amigo, meu tempo já passou. Hoje, se você não for apoiado por um bicheiro não se elege no Rio de Janeiro.
(Isso naquele tempo. É claro.)

Na mesma época contavam (não sei se verdade) que o falecido bicheiro Castor de Andrade, riquíssimo, gostava de Johnny Mathis e para uma festa de aniversário em sua casa em Bangu simplesmente o contratou. 
Dizem que Johnny veio direto para a festa e de lá voltou para o aeroporto sem que ninguém por aqui soubesse. As más línguas afirmam, entretanto, que o cantor de "Midnight Cowboy" levou com ele um jogador do Bangu para os Estados Unidos. Mas tudo lenda daquela época, talvez.

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

25.06.2017 - A DIMENSÃO DO MAR

24.06.2017 - Encontro com Sophia de Mello Breyner

20.06.2017 - ROGEL SAMUEL: BREVE MANUAL DE DIDÁTICA GERAL

15.06.2017 - DOCES FANTASMAS

13.06.2017 - Da arte do sol

11.06.2017 - Considerações Vãs

09.06.2017 - Mais Biarritz

05.06.2017 - UM SÁBADO

04.06.2017 - A Pátria de Bilac

02.06.2017 - VIEIRA

01.06.2017 - E se não for crise financeira?

26.05.2017 - ROGEL SAMUEL: TEORIA DA CRISE

26.05.2017 - O RIO NEGRO

25.05.2017 - EM BUSCA DA POÉTICA DE J. G. DE ARAÚJO JORGE

24.05.2017 - O dia em que saí no Ibrahim Sued

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Imagens da Cidade Verde: entrevista com o escritor Ribamar Garcia


Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


Listar todos
Últimas matérias

25.06.2017 - Histórias de Évora em dois bilhetes internéticos

vc me fez reviver um passado bem parecido, cheio de brincadeiras, namoricos, cachaçadas, festas, incursões aos saudosos lupanares e demais entretenimentos de nossos tempos de antanho.

25.06.2017 - A DIMENSÃO DO MAR

A DIMENSÃO DO MAR

24.06.2017 - Encontro com Sophia de Mello Breyner

Encontro com Sophia de Mello Breyner

23.06.2017 - ONDE LOCALIZAR A CRISE BRASILEIRA?

Fala-se, em toda

21.06.2017 - Uma tarde na Fazenda Não me Deixes

Uma tarde na Fazenda Não me Deixes

20.06.2017 - ROGEL SAMUEL: BREVE MANUAL DE DIDÁTICA GERAL

Por que a didática geral?

19.06.2017 - Vozes da ribanceira

O autor escreve sobre o romance Vozes da ribanceira, do acadêmico Oton Lustosa.

19.06.2017 - Psycho Pass episódio 6: Akane confronta a crueldade humana

Prosseguindo a guia de episódios do seriado de ficção científica "Psycho Pass" chegamos ao chocante sexto episódio, onde Akane enfrenta uma esquartejadora.

19.06.2017 - Lançamento em Parnaíba de Histórias de Évora e A Menina do Bico de Ouro

O SESC convida para o lançamento de Histórias de Évora e A Menina do Bico de Ouro em Parnaíba

18.06.2017 - A REGRA E AS EXCEÇÕES

Alguém, de forma

16.06.2017 - Cruzando os Mares

A Bordo de um Cargueiro

16.06.2017 - Ariano e a estética do Não Foi Bem Assim

Essas coisas são inventadas por heróis picarescos, gente que para fugir da fome tem que remar o dia todo, a vida inteira.

16.06.2017 - Livros e raparigas

Um dia destes, em conversa com a mulher de um jornalista, escritor e (grande) tradutor brasileiro, falávamos de Os Desastres de Sofia e da famosa colecção Biblioteca das Raparigas

16.06.2017 - A gênese de nossa criação literária

A base de nossa criação literária fundamenta-se, portanto, na tentativa de fundir memória, imagem e sensação.

15.06.2017 - HOJE É CORPUS CHRISTI, SIM, SENHOR

Muita gente

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br