Dilson Lages Monteiro Quarta-feira, 26 de novembro de 2014
CANTA-ARES - BRÁULIO TAVARES
Bráulio Tavares
Tamanho da letra A +A

Ser antologista

Ser antologista

[Bráulio Tavares]

Ser antologista é viver a Escolha de Sofia de ter em mãos três ou quatro contos parecidos, de autores igualmente importantes e/ou simpáticos (às vezes amigos pessoais do antologista), e saber que só vai caber um no livro, porque se incluísse todos o fato de terem tantos elementos em comum iria apenas empobrecê-los mutuamente aos olhos do leitor.

Ser antologista é planejar um volume gigantesco de 700 páginas, trabalhar nele durante um ano, e depois ver que os problemas burocráticos, financeiros e jurídicos reduziram essa “antologia definitiva do gênero” a umas meras 210 páginas e olhe lá.

Ser antologista é, depois do livro lançado e elogiado, descobrir por acaso um conto que se descoberto antes teria virado a cereja-do-bolo, mas agora é tarde, o bolo já foi ao forno e de lá à mesa.

Ser antologista é ter a obscura honra de ter sido o responsável pela primeira publicação no Brasil de um cara que será grande no futuro, e achar que isso é uma pequena glória que compensa algum pequeno fracasso.

Ser antologista é conceber uma antologia temática em torno de quatro contos “essenciais”, passar meses escolhendo as dez ou doze histórias “acessórias”, e terminar fazendo o livro somente com as acessórias, porque uma das essenciais o autor não pôde liberar, outra a tradução ficou horrível e não dava tempo refazer tudo, outra os herdeiros estavam em conflito e não liberaram e outra, relida agora 40 anos depois da primeira leitura, revelou-se não tão essencial assim.

Ser antologista é escolher e republicar uma história escrita há mais de um século, e descobrir que esta é a primeira vez em que ela foi incluída numa antologia.

Ser antologista é passar meses à procura de uma história que use uma abordagem qualquer do tema, não encontrá-la, e depois de jogar-a-toalha nessa busca achar uma história perfeita, de um desconhecido, lida por acaso numa revista quando você pernoitou na casa de amigos e aquela revista era a única coisa pra ler antes de dormir.

Ser antologista é ter a sua mente e sua visão do mundo modificadas aos 10 anos de idade, pela leitura de um conto, e aos 50 anos incluir esse conto numa antologia, e ver a cara de espanto do editor, quando este sugere tirar esse conto porque o livro “já está muito grosso”, e você responde, com a brusquidão de um menino de 10 anos: “Só passando por cima do meu cadáver”.

Ser antologista é ouvir seu editor dizer que finalmente localizou os herdeiros de um autor obscuro, descobriu que ele ainda está vivo, e que na sua última semana de vida, aos 100 anos de idade, ele recebeu a notícia de que um conto dele ia ser publicado por uma editora do Rio de Janeiro.

 

 

 

 

Compartilhar em redes sociais

Comentários (0)

Deixe o seu comentário


Reload Image








Últimas matérias da coluna

17.11.2014 - Ser antologista

01.11.2014 - O dono da tese

10.10.2014 - As vozes de Dickens

21.09.2014 - Tempos interessantes

11.09.2014 - Guy de Maupassant

13.08.2014 - Um autor novo

03.08.2014 - Escrever para crianças

05.07.2014 - Literatura e biografia

27.06.2014 - Mistério do futebol

25.06.2014 - Ser soldado

19.06.2014 - De onde vêm as ideias

06.06.2014 - "Histórias da VelhaTotônia"

29.05.2014 - "Quarenta dias"

07.05.2014 - O nome do celular

21.04.2014 - Bilac e o Brasil

Ver mais
Livraria online Dicionário de Escritores Exercícios de criação literária
Entretextos Acadêmico
Rádio Entretextos
Livros online Aúdios

Os anos da juventude, entrevista com Venceslau dos Santos


São Bernardo no olhar de Ricardo Ramos Filho


Listar todos
Últimas matérias

24.11.2014 - Os feijões mexicanos que saltam

É verdade

24.11.2014 - O MANIXI

O MANIXI

21.11.2014 - André Carneiro

Falecido aos 92 anos, André Carneiro é um ícone da ficção científica brasileira.

21.11.2014 - O OVO

Acaso aquele ovo seria o caos e o átomo primordial de algo que estava por vir?

21.11.2014 - MEDITAÇÃO NO PARQUE

MEDITAÇÃO NO PARQUE

20.11.2014 - O Papa tem razão

Nãoquero estar na pele

20.11.2014 - Morre o ex-ministro Marcio Thomaz Bastos

Morre o ex-ministro Marcio Thomaz Bastos

19.11.2014 - O que os ateus esperam?

Nunca consegui entender o raciocínio de nossos irmãos ateus, pelo contraditório que encerra a religião do ateísmo.

19.11.2014 - O Mausoléu de Halicarnasso

Uma das 7 Maravilhas Antigas da Humanidade

17.11.2014 - Quebra-cabeça versus inovação

Entre a análise cartesiana e o 'design thinking'

17.11.2014 - Ler e sobreviver

Sabe quem lê que a leitura só traz benefícios, até porque aprender é maravilhoso

17.11.2014 - Crase com nome de mulheres

O acento indicativo de crase antes de nomes próprios de mulheres é tido como facultativo, pois se escreve “à” diante de alguns nomes femininos, mas não diante de outros.

17.11.2014 - Ser antologista

Ser antologista é passar meses à procura de uma história que use uma abordagem qualquer do tema, não encontrá-la, e depois de jogar-a-toalha nessa busca achar uma história perfeita

16.11.2014 - "Eu te punirei em nome da Lua"

O quinto volume do mangá Sailor Moon, aqui resenhado, apresenta episódios antológicos.

16.11.2014 - Boa acolhida de Modernas Teorias Literárias na Fliporto

Boa acolhida de Modernas Teorias Literárias na Fliporto

ENTRETEXTOS - DÍLSON LAGES MONTEIRO
Baloon Center, Av. Pedro Almeida nº 60, Sala 21 (primeiro piso) - São Cristóvão - Teresina - Piauí - CEP: 64052-280 Fone (86) 3233 9444
e-mail: dilsonlages[@]uol.com.br